Translate

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

terça-feira, 4 de agosto de 2015

A CULTURA E OS SÍMBOLOS

A compreensão dos símbolos leva a um entendimento da cultura dos diferentes povos. Este elemento são dinâmicos, pois transformam de acordo com o passar do tempo, estabelece uma relação de trocas de informações, vivencia e ideia.

A cultura é impregnada de símbolos que refletem a identidade de um povo, entre as quais há a língua, a escrita, as figuras, a expressão corporal, gestos, números, a cor e a fala. Tudo isso influência inconscientemente a maneira de ser e viver. Um modelo de simbolo podemos citar o Tae Kwon do. Cada cor representa um grau na hierarquia. A cor branca representa a falta de conhecimento, a amarela o inicio do aprendizado e assim por diante até chegar a preta onde o praticante tem o conhecimento pleno. 

No entanto os significados muda de acordo com cada cultura, por exemplo no Estados Unidos e em outros países do ocidente a cor preta representa luto, mas na Índia a cor é a branca. 

Os símbolos são heranças culturais, embora nenhum ser nasce compreendendo-o. É transmitido através do aprendizado e repassado aos futuros membros da sociedade. 

Como os símbolos está enraizados na cultura, modifica-se gradativamente no decorrer do tempo, espaços e necessidade de adaptação a modernidade. Assim alguns elementos são transformados ou desaparecem do cotidiano. As línguas evoluem, adicionando novos vocabulários e enquanto outros são excluídos. Dá mesma maneira modificou-se o simbolo da mulher bela, pois em tempos passado a mulher gorda era ícone de beleza, hoje prevalece às magras. 

É importante saber o significado de cada simbolo, porque a realidade cultural tem sua logica, a qual se deve conhecer seus elementos para entendemos as praticas. Assim pode-se vivenciar a cultura a qual os indivíduos se integram. 

Sendo assim pode-se concluir que os símbolos fazem parte da cultura e sem ele seria impossível a comunicação e as grandes conquistas da humanidade jamais aconteceriam.