Translate

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

História dos Lobatos em Portugal


O rei de Portugal Dom Manuel I ordenou que todos os brasões e insígnias existentes no reino fossem organizados e normatizados o uso de armas e da concessão de brasões. Esta pesquisa foi publicada num livro e foi ainda selecionada 72 brasões das principais famílias da alta nobreza de Portugal. Estas que foram escolhidas por ser consideradas ilustres em honra, histórias e bens. Os 72 brasões foram pintados no teto da sala dos Brasões do Paço Real de Sintra, nomeado de Palacio Nacional de Sintra. 

A sala dos Brasões também é chamada de Sala de Armas, é um dos melhores modelos do poder real. Na parte central do teto estão retratado o Rei Dom Manuel I, rodeado por seis brasões que retratam sua descendência masculina (os príncipes) e dois brasões em lisonja (em forma de losango) simbolizam sua descendência femininas (as princesas). Embaixo estão os setenta e dois brasões das mais prestigiada nobreza da época, organizadas de acordo com a sua importância, que estão condescendes no ventre de veados sobre cujas cabeças repousa o timbre de cada família. 

Na sala o brasão dos Lobados é o de numero 49. Possui cor vermelha com três castelos de prata; bordadura de ouro, carregada de oito lobos passantes de negro. Timbre: um castelo de prata, rematado por um lobo de negro, sainte.